Meu testemunho: Depressão, um novo olhar sobre esta vivência

Álvaro Amorim

Desafiante doença, crise momentânea ou sintoma comum desses "tempos neuróticos", a depressão tem alcançado mais e mais pessoas, abalando famílias, desestruturando homens e mulheres de todos os níveis econômicos e culturais.

Quem já vivenciou uma depressão sabe que há momentos em que se prefere a morte à vida, ou se deseja nem ter nascido, nem existir, desaparecer! O desespero faz parte dessa dolorosa realidade. É sintomático.

Todavia, para o processo de recuperação, importa não se acusar. Deus também não acusa a pessoa com depressão. Ao contrário, ele não cobra que ela aja, faça ou realize algo. Ele não se comporta como um exigente chefe no trabalho, nem como um ríspido diretor! Não! Ele é nosso amado Pai! Ele acolhe a pessoa que passa por essa dor e a ama.

Foi este Amor que me tirou da escuridão do meu quarto, onde eu passava horas, dias! Foi o Senhor que me fez procurar ajuda, a ajuda dele que vem pelas mãos de seus filhos, meus irmãos. Assim, comecei a viver realidades que hoje são fundamentais na minha vida: uma terapia com uma psicóloga cristã, o encontro diário com Deus, indo constantemente para diante do Santíssimo Sacramento do Altar, e o acolhimento da passagem de Mt 6, 34, como direção diária para a minha vida: "A cada dia basta o seu cuidado."

Como é impressionante a força salvadora que vem de Jesus eucarístico! No início nem percebi nada, mas depois...

Deus foi além: eu percebi que, durante o meu processo depressivo, nas poucas vezes que conseguia sair de casa, buscava no consumismo satisfações que eu não tinha interiormente. Jesus, então, levou-me a me satisfazer, a me realizar dele mesmo: Eucaristia diária!

A tempestade passou!

Hoje vivo o matrimônio, algo que antes eu considerava impossível de um dia viver, por causa da minha realidade na época. Abracei também uma consagração de vida a Deus no carisma Shalom.
Profissionalmente, exerço a advocacia e o trabalho na Rádio Shalom 690 AM, onde apresento o Programa Anúncio da Verdade, de segunda a sexta, das 13h às 14h.

Que Deus maravilhoso, que vai além no Amor!

Problemas ? Como qualquer pessoa, sempre os terei. Mas hoje tenho Deus no coração, na minha vida. O Senhor me fez dar novo sentido à minha vida! Sou feliz!

Para você que vive hoje essa realidade da depressão, saiba: o mesmo Jesus que me ergueu quer e já começa a fazer isto na sua vida agora, porque ele toca seu coração neste momento! Só tenho assim uma única coisa a lhe dizer: Vá para Deus agora! Ele espera você!

Shalom!

Álvaro Amorim.

Consagrado na Comunidade Católica Shalom.

12 Comentários:

Letícia comentou:

Obrigado Meu Irmão por seus verdadeiros testemunhos, confesso que as me vejo nas suas palavras, e vejo sentindo pra muitos momentos que passei ou passo.

Deus e Nossa Senhora abençõe seu matrimônio e sua vida consagrada a Ele.

Obrigado Sempre a você e a Sabryna, minha querida acompanhadora.

Shalom!!!

Álvaro Amorim comentou:

Querida Letícia,
Somos todos irmãos, por isto temos muita coisa em comum! A maior delas é a graça de Deus, sua misericórdia derramada em nossos corações!
Viva desse Amor e você será plenamente feliz!
Shalom!
Álvaro Amorim.
Consagrado na Comunidade Católica Shalom.

Sania Oliveira comentou:

Álvaro, tenho sentimentos depressivos, mas oscilam. Dias estou ótima e outros, péssima. Sou casada, tenho 3 filhas e muito inconstância. Me pergunto: Porque é tão difícil a conversão? Na vida dos outros parece tão fácil. Vc diz: Sou feliz! Em dias digo tb: sou feliz! noutros: porque nasci? Também já disse: hoje minha vida tem sentido: conheci Jesus! Mas noutro dia: o que houve com aquela sensação de segurança e certeza. Não sei?
Gosto muito do seu programa. Ouço todos os dias.

Álvaro Amorim comentou:

Querida Sania,
O que você tem experimentado faz parte do processo normal de conversão. Como você disse, são sentimentos, os quais fazem parte da nossa afetividade. Eles vêm e vão, graças a Deus! O importante é não se deixar conduzir por eles, mas por nossa inteligência e vontade, iluminadas pelo Espírito Santo de Deus.
Na minha caminhada, aprendi uma coisa que ficou para sempre: “Não devemos ver os sofrimentos muito grandes e as alegrias muito pequenas” (Edith Stein). Isto tem me ajudado muito a ir adiante, sempre para Deus!
Shalom!
Álvaro Amorim.
Consagrado na Comunidade Católica Shalom.

Henrique comentou:

Alvaro, meu pai também está passando por esse problema
e eu vou mostrá-lo o seu testemunho! Acho que vai ser de grande valia para ele! Gostaria também, se possível, que você enviasse para este meu e-mail o material que você tem sobre o curso Nossa Senhora nas Sagradas Escrituras, pois tenho muito interesso por esse assunto também!
Shalom!

Álvaro Amorim comentou:

Querido Henrique,
Oro pelo seu pai, para que Jesus opere a libertação!
Shalom!
Álvaro Amorim.
Consagrado na Comunidade Católica Shalom.

Ana Paula comentou:

Alvaro estou grávida de 7 meses, e estou com depressão e TOC tenho maus pensamentos que sei, que não vem de DEUS, QUERIA TANTO A CURA E LIBERTAÇÃO! queria um dia poder da testemunho, ser ministra, e ser novamente shalom! eu era shalom e sai ja está com um ano... Alvaro não consigo ir a igreja pq estou com pavor a onibus, e nao tenho carro, soh vou as minhas consultas pq pago meu vizinho para ir deixar e buscar! ai Alvaro como queria me libertar... poder ser o que era antes, ou até melhor...tenho 20 anos, e queria viver meu casamento, minha familia, minha igreja novamente! até meu casamento ta balançado, outra coisa que queria muito era a cura dos caroços da tireoide que tenho no pescoço, e da diabete! ah e tbm a conversão do meu marido para a igreja, ele é totalmente afastado da igreja! reza por mim Alvaro...bjos meu liindo

Álvaro Amorim comentou:

Querida irmã,
Eu me uno à sua dor em oração. Por já ter vivido a depressão, sei que ela é muito desafiante.
Mas, gostaria de lhe propor algumas atitudes, fundamentais para que você coopere com a graça de Deus.
Primeiramente, mesmo sem sentir nada, mesmo sem vontade, ore. A oração é um impulso do coração, como diz Santa Teresinha. Então, não precisa falar muita coisa. Ela é um desejo de Deus, um grito: "Senhor, eu estou aqui!", uma súplica: "Vem sobre mim, Espírito Santo!"
Deus cura e liberta também pela ajuda dos irmãos. Por isto, procure pessoas que possam ajudá-la, como uma psicóloga cristã e uma ministra de oração e aconselhamento no Shalom. Partilhar tudo o que você vive ajudará no processo de cura.
Quanto ao seu matrimônio, saiba que nessas horas a unidade é fundamental. Um ajuda o outro, e os dois assim são ajudados por Deus.
Eu intercedo pelo seu marido, para que ele tenha uma experiência com Deus também, mas tenha paciência, não o cobre, ame-o!
Saiba também que Nossa Senhora está com você! Ela é a sua Mãe! Ela não a abandona! Ela intercede por você junto a Jesus, sempre!
Deus a abençoe, minha irmã!
Shalom!
Álvaro Amorim.
Consagrado na Comunidade Católica Shalom.

Cíntia comentou:

Olá Álvaro,
Sou vocacionada shalom, e vivia em depressão, as vezes ainda tenho recaidas.
Gostei muito do seu testemunho, me deu coragem de seguir minha vocação e superar essa depressão!
Passei por coisas absurdas na minha vida, e Deus tem feito maravilhas na minha vida.
Shalom!
Cíntia

Álvaro Amorim comentou:

Querida Cíntia,
Oro por você e sei que Deus completará a obra que começou, porque ele a ama muito!
Shalom!
Álvaro Amorim.
Consagrado na Comunidade Católica Shalom.

Christian Panattone comentou:

Oi Álvaro. Você já respondeu a um e-mail meu. Mas eu não sei o que fazer mais. Estou em crise há quase uma semana e perdi as minhas esperanças

Álvaro Amorim comentou:

Caro Christian,
Procure imediatamente ajuda médica, e eu estou rezando por você.
Deus está contigo, meu irmão!

Postar um comentário