Pio XII, o Papa dos judeus

     A pedido de meu querido irmão Pe. Antonio Furtado e em homenagem aos 134 anos do nascimento de Eugenio Pacceli, escrevo este artigo sobre o Papa Pio XII (Eugenio Maria Giuseppe Pacelli) e seu relacionamento com os judeus, durante a Segunda Guerra Mundial.
     Como temos visto e ouvido na mídia, o Servo de Deus Pio XII tem sido alvo de caluniosas acusações, de que teria compactuado com o regime nazista durante a perseguição aos judeus, perpetrada pela Alemanha de Hitler.
     Nada mais historicamente errado!
     Ao contrário: conhecemos os inúmeros testemunhos de judeus que foram salvos da morte graças à sábia atuação do Papa Pio XII, de padres e freiras, ou seja, da Santa Mãe Igreja Católica.
     Vejamos, por exemplo, o testemunho de Goda Meir, uma das pioneiras do Estado de Israel, Ministra do Exterior quando Pio XII faleceu, a qual seria eleita mais tarde Primeira-Ministra de Israel: "Durante a década do horror nazista, quando nosso povo sofreu terrível martírio, a voz do Papa Pio XII levantou-se para condenar os perseguidores e para pedir compaixão em favor de suas vítimas." (Entrevista a Pierre Blat, no jornal francês Le Figaro, 18/9/1999).
      Incisivo também é o relato de Israel Zoller, Gran Rabino de Roma durante a II Guerra Mundial:
     "Podem ser escritos volumes sobre as multiformes obras de socorro do Papa Pio XII. As regras de severa clausura caíram. Todas e cada uma das coisas estão a serviço da caridade. Escolas, oficinas administrativas, igrejas, conventos, todos têm seus hóspedes. Como uma sentinela diante da sagrada herança da dor humana, surge o Pastor Angélico, Pio XII. Ele viu o abismo de desgraça ao qual a humanidade se dirige. Ele mediu e prognosticou a imensidão da tragédia. Ele fez de si mesmo o arauto da voz da justiça e o defensor da verdadeira paz." ("Antes da Aurora", 1954).
     Após a Segunda Guerra Mundial, em 1945, o judeu Israel Zoller converteu-se à fé católica e adotou o nome de Eugenio, como disse ele, em homenagem a Eugenio Pacelli, o Papa Pio XII.
     Shalom!
     Álvaro Amorim.
     Consagrado na Comunidade Católica Shalom.



Share/Bookmark



Creative Commons License

Imagem: http://blog.cancaonova.com/fatimahoje/2009/12/19/papa-aprova-decreto-que-da-joao-paulo-ii-o-titulo-de-veneravel/

4 Comentários:

Leticia comentou:

Álvaro,muito bom o texto!
Ontem ouvi o debate a respeito desse assunto no programa do Pe. Antonio, achei fabulosa essa atitude dele,precisamos mesmo ouvir e saber mais a respeito da nossa igreja catóica e dos seus Santos servos,por que ouvimos barbaridades, verdadeiros absurdos e como cristãos não podemos nos calar diante de tantas mentiras que falam da Santa Mae Igreja Catolica, por isso precisamos de conhecimento. Foi enriquecedor pra mim tudo o que ouvi ontem no programa, assim como esse texto, Deus seja louvado por essa iniciativa de vocês.

Deus os abençõe!
Shalom!!!!

Álvaro Amorim comentou:

Querida Letícia,
Como é bom contemplar a obra de Deus em sua vida, formando-a através da Comunidade Shalom, para a continuidade dessa evangelização de multidões!
Persevere no Caminho!
Shalom!
Álvaro Amorim.

Wellington Silva comentou:

ola Alvaro está otimo o artigo eu le e vim que a gente cesce na vida e vejo um crescimento na minha vida atraves do seu programa

Álvaro Amorim comentou:

Caro Wellington,
Bendito seja Deus pelo seu sim a Deus. Persevere!
Shalom!
Álvaro Amorim.

Postar um comentário